Sabóia » Odemira

Etapa do Caminho Histórico

33 Km

Começando na secular estação de comboios de Sabóia, este percurso, o mais extenso da Rota Vicentina, desenrola-se ao longo dos meandros do Rio Mira, onde nos sentimos a imergir na vastidão do espaço e dos sons e cores da natureza. Não há percurso melhor para sentir a Primavera alentejana.

Nas águas do Mira, para além dos peixes, abundam os cágados, as cobras-de-água e as lontras. A vegetação ribeirinha, dominada por choupos, freixos, amieiros, canas e salgueiros, é lugar de refúgio e criação para muitas espécies de aves, insectos e morcegos. Os juncais e caniçais das zonas húmidas, junto às margens, são essenciais para as aves migradoras. Algumas destas áreas inundáveis foram transformadas em várzeas agrícolas, de solos frescos e férteis.

Em contraste, as encostas adjacentes ao rio são áridas, com solos delgados e pobres, porque a erosão levou toda a carne e deixou apenas os ossos, como escreveu Miguel Torga. O sobreiro é das poucas árvores que consegue viver com tão pouco, dominando nessas vertentes sobranceiras ao rio. A casca dos seus troncos, a cortiça, tem grande importância na economia local. A primeira extracção da cortiça acontece quando o tronco dos sobreiros tem 70 cm de diâmetro e 25 a 30 anos de idade. Por isso se diz que os sobreiros se plantam para os netos. A segunda cortiça retira-se 9 a 10 anos depois, mas são as tiragens seguintes que têm maior valor. O sobreiro tem uma longevidade de 150 a 200 anos e pode ser descortiçado cerca de 15 a 17 vezes. A extracção faz-se entre Junho e Agosto, período em que a cortiça se desprende com maior facilidade. Trata-se de um trabalho muito especializado, pois é necessário descascar o sobreiro sem o ferir.

O Alentejo rural é descrito por Miguel Torga como um “mundo livre, sem muros, que deixou passar todas as invasões e permaneceu inviolado, alheio às mutações da História”. É esta integridade, feita também de dureza e solidão, que se pode sentir ao percorrer algumas grandes propriedades agrícolas locais, que no passado funcionavam como minúsculas aldeias, com igreja e escola.

A paisagem deste trilho, aparentemente imutável, esconde convulsões inacreditáveis. Já aqui viveram mamutes e leões-das-cavernas, elefantes e ursos. O aparecimento e a extinção destes grandes mamíferos relacionaram-se com as oscilações climáticas dos últimos dois milhões de anos, durante os quais mais de sessenta períodos glaciares foram interrompidos por curtos períodos quentes.

Onde começar

Sabóia
Na estação de comboios de Santa Clara-Sabóia.

Odemira
Na rotunda com a escultura do chaparro em ferro, perto do rio.

Ficha Técnica

Grau de Dificuldade: Algo difícil

Extensão: 33 km
Duração Aproximada: 10 h

Subida Acumulada: 550 m
Descida Acumulada: 600 m

Altitude Máxima: 100 m
Altitude Mínima: 10 m

Época Aconselhada: Setembro a Junho

Regras e Recomendações

A CIRCULAÇÃO DE VIATURAS MOTORIZADAS COLOCA OS CAMINHANTES EM RISCO.

EVITE FAZER O CAMINHO HISTÓRICO DE MOTO OU JIPE, ESTUDE ALTERNATIVAS

NÃO FAÇA FOGO.

VÁRIAS QUINTAS E REBANHOS SÃO PROTEGIDOS POR CÃES, CIRCULE COM PRECAUÇÃO.

CUIDADO COM O GADO. EMBORA MANSO, NÃO GOSTA DA APROXIMAÇÃO DE ESTRANHOS ÀS SUAS CRIAS.

OS CAMINHOS ATRAVESSAM PROPRIEDADES PRIVADAS, RESPEITE-AS E FECHE SEMPRE PORTÕES E CANCELAS.

FRACO APOIO DE SERVIÇOS TURÍSTICOS AO LONGO DA ETAPA. LEVE SEMPRE ÁGUA E MANTIMENTOS.

EM ALGUMAS SITUAÇÕES TERÁ QUE ATRAVESSAR ESTRADAS ASFALTADAS, TENHA ATENÇÃO.

ENCONTRARÁ VÁRIOS LOCAIS IDEAIS PARA UM PIQUENIQUE, CARREGUE SEMPRE O LIXO CONSIGO.

SEJA AFÁVEL COM OS LOCAIS, APRESENTE O SEU PROPÓSITO E APROVEITE PARA PARTILHAR EXPERIÊNCIAS.

Dicas

Este percurso pode ser encurtado em 2 km, se o iniciar em Sabóia.

Avisos Importantes

► No início desta etapa existem Percursos Circulares. Tome atenção à sinalética e aproveite para prolongar a sua estadia nesta zona e fazer estes percursos.

► Esta etapa é muito longa e por agora não tem apoios para dormidas ou refeições. Leve água e mantimentos.

► Mantenha todos os portões e cancelas fechados.

► Em dias de alta pluviosidade este caminho não é transitável; algumas pontes podem ficar submersas.

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!