Ardentia ~ Touro Azul

Explore the Feeling

Programa cultural

CACO – Associação de Artesãos do Concelho de Odemira

A pesca e a cortiça, o mar e a terra, em parceria, ofereceram a este território destinos previstos e imprevistos. Um passeio que mostra a evolução de Sines ao longo do tempo, desde que era uma aldeia piscatória, até à cidade que é hoje, assim como as suas diferentes dimensões.

Destaques

Fábrica de Cortiça
Bairro Edificado nos anos 70
Adega mais antiga de Sines
Arquivo Municipal
Centro de Artes de Sines

Resumo

  • i034Região:
  • Sines

  • i033Línguas:
  • Português
    Inglês
    Francês

  • i046 Preços:
  • A partir de 95€ por pessoa

  • i066 O que está incluído:
  • Guia
    Alimentação

  • i027 Nível de dificuldade (exigência física):
  • incluí alguma actividade com exercício físico leve

  • i026DURAÇÃO:
  • < 1/ dia

  • i030 DIMENSÃO DO GRUPO:
  • Max. 8 pax


  • i049PET FRIENDLY:
  • Não

  • i009 BIKE FRIENDLY:
  • Não

Descrição

O passeio começa com uma visita a uma antiga fábrica de cortiça, ainda em funcionamento, onde todos os processos de trabalhar este material são explicados. Segue-se caminho para conhecer a história do enorme Edifício Luz que salta imediatamente à vista: um grande hotel que pretendia ser utilizado para promover o turismo em Sines na altura do Estado Novo.

Ao lado do porto industrial, a Associação Caboverdiana de Sines guia uma visita ao bairro edificado nos anos 70 com o propósito de alojar a vaga de trabalhadores cabo-verdianos que se mudaram para Portugal neste período. O almoço é na adega mais antiga de Sines que, com 140 anos, se mantém praticamente igual, para comer os cozinhados da D. Edite. A história desta que hoje é uma enorme cidade marítima industrial, desvenda-se através de um passeio pelas suas ruas e uma conversa com quem dirigiu este município nos tempos quentes que sucederam a ditadura. No fim do passeio, o Arquivo Municipal que se situa no Centro de Artes de Sines, um exemplo de arquitectura contemporânea dos arquitectos Mateus, é o sítio escolhido para conversar com os jovens arquivistas que guardam entusiasticamente a memória documental deste território.

Contacte-nos

  • Formato da data:DD barra MM barra AAAA
  • Por favor, introduza um número de 1 a 50.
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!