Núcleo de Santa Clara-A-Velha

33

Sabóia e Barragem

31.5 KM

Este percurso de nível difícil pode ser considerado uma versão mais longa e dura do percurso azul ao qual se junta ao km 15. É o único percurso que sai logo para Oeste, atravessando a N266 e entrando de imediato numa forte subida que culmina junto da ruína de um moinho, de onde se tem a melhor vista para a aldeia. Outras subidas acentuadas seguirão ao longo do trajeto sendo a do km 22 a mais difícil. No final desta última subida os sumptuosos panoramas para a albufeira da Barragem, vão suceder-se ao ritmo de um sobe e desce acelerado e um pouco técnico que se prolonga por 2 km. A parte final é quase sempre a descer no meio de uma vegetação densa e refrescante, tendo quase no fim uma última pequena subida que nos leva até uma espécie de miradouro natural e panorâmico sobre a aldeia de Santa Clara-a-Velha. Passa em Totenique, Sabóia, na estação de comboios de Santa-Clara – Sabóia, e junto à icónica Ponte D. Maria.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: Difícil

TIPO DE PERCURSO: Circuito no sentido anti-horário

EXTENSÃO: 31.5 km

DURAÇÃO: 1h30 a 2h30

MARCADO NO TERRENO: Sim

DESNÍVEL ACUMULADO: 620m

ALTITUDE MÁXIMA: 197m
ALTITUDE MÍNIMA: 36m

NÍVEL TÉCNICO: 2 (5)

NÍVEL FÍSICO: 3 (5)

ÉPOCA ACONSELHADA: Todo o ano evitando temperaturas acima dos 30º

Dicas

Este percurso é facilmente acessível a partir da estação de Santa-Clara – Sabóia.

Ao km 24 poderá fazer um desvio de cerca de 1 km na ida e outro na volta, para descer até à albufeira da Barragem onde existe, no Verão, uma pequena praia fluvial. Atenção que à ida sobe primeiro 25 m antes de descer 70 m. A volta tem a agravante de incluir uma subida muitíssimo dura atingindo os 30% de inclinação.

Pontos de apoio:

Km   6 – Sabóia

Avisos Importantes

O percurso atravessa (e pontualmente percorre um pouco) a estrada nacional N266 e algumas estradas municipais que podem ter algum trânsito. Recomenda-se prudência.

Pequenos troços do percurso são coincidentes com dois Percursos Circulares e o Caminho Histórico (GR11) da Rota Vicentina pelo que é muito provável o encontro com caminhantes.

Pode haver a necessidade de abrir cancelas de protecção de gado. Feche-as após passagem.

Percursos comuns com o Núcleo

Percursos de ligação com outros Núcleos

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
X