fbpx

Núcleo de Odemira

06

Mira Oeste

40,5 KM

A primeira parte deste percurso é igual ao percurso Mira Este, com a diferença de que o Percurso Mira Oeste acaba por passar o rio. Tal como o seu percurso gémeo, este engana! Com uma primeira parte quase plana e fácil, e uma segunda dedicada aos mais aventureiros.Começa por atravessar a vila de Odemira, tem uma curta passagem num single track muito interessante, e segue depois o Rio Mira ao longo da sua margem direita. A paisagem é maravilhosa!Note que ao km 1,5 no decurso de um pequeno single track há uma passagem muito estreita junto ao canal de água. Avalie a hipótese de passar com a bicicleta à mão.Continuando então e chegando ao km 18,6, o percurso passa para a margem esquerda do rio, muda de paisagem e de exigência, seguindo pela serra num sobe e desce incessante!Neste troço percorre essencialmente uma região onde a presença humana é rara e, para além um Alojamento de Turismo Rural ao km 28, atravessa apenas a aldeia de Boavista dos Pinheiros por volta do km 38, mesmo antes da descida final.

Ficha Técnica

Grau de Dificuldade: Difícil

Tipo de Percurso: Circuito no sentido horário.

Extensão: 40,5 km

Duração: 2h15 a 3h30

Marcado no Terreno: Não

Desnível Acumulado: 660 m

Altitude Máxima: 136 m
Altitude Mínima: 3 m

Nível Técnico: 3 (5)

Nível Físico: 3 (5)

Época Aconselhada: Todo o ano mas é impraticável após chuvas intensas ou temperaturas acima de 30º

Dicas

Na segunda parte do percurso passa duas linhas de água a vau que podem ser impossíveis ou perigosas de ultrapassar após chuvas intensas. Nesse caso, opte por fazer o percurso “05 Vermelho Mira Este.
Também na segunda parte do percurso, é raro encontrar pessoas, pelo que se sugere a companhia de, pelo menos, um segundo ciclista em caso de algum imprevisto.

Avisos Importantes

O percurso atravessa a vila de Odemira para além de várias estradas municipais, podendo encontrar algum trânsito automóvel. Recomenda-se prudência.

Uma parte do percurso é coincidente com os trilhos pedestres da Rota Vicentina – nomeadamente o Caminho Histórico (GR11) – pelo que é muito provável o encontro com caminhantes.

Pode haver a necessidade de abrir cancelas de protecção de gado pelo que, sempre que seja o caso, deverão ser de novo fechadas após passagem.

Não há nenhum ponto de apoio desde a partida até ao km 28.

Pontos de apoio:

Km 28 – Amieira Agroturismo
Km 38 – Boavista dos Pinheiros

Percursos comuns

Percursos de ligação

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!