Núcleo de Santa Clara-A-Velha

32

Estação CP e Barragem

19.5 KM

Este percurso de nível moderado é uma autêntica maravilha! Tem como principais dificuldades a subida inicial (quase 2 km a 7%), uma segunda ao km 5 (2.3 km a 6%) e a mais difícil ao km 11 (2,5 km a 8%). Começa por visitar a zona de lazer do Espelho d’Água da Barragem, indo depois na direção da estação de comboios de Santa-Clara – Sabóia, passando, porém, apenas nas suas traseiras. Bifurca depois para Este ao longo da Ribeira dos Fitos e logo depois para Norte em direção ao Rio Mira. Passa junto à Ponte D. Maria, antes de chegar ao ponto culminante do percurso após longa subida na orla de um eucaliptal. Uma vez lá em cima, os sumptuosos panoramas para a albufeira da Barragem sucedem-se ao ritmo de um sobe e desce desenfreado e um pouco técnico de 2 km. Daí para a frente é quase sempre a descer através de uma vegetação autóctone densa e refrescante, tendo quase no fim uma última pequena subida que nos leva até um miradouro natural e panorâmico sobre a aldeia de Santa Clara-a-Velha.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: Moderado

TIPO DE PERCURSO: Circuito no sentido anti-horário

EXTENSÃO: 19.5 km

DURAÇÃO: 1h00 a 2h00

MARCADO NO TERRENO: Sim

DESNÍVEL ACUMULADO: 380m

ALTITUDE MÁXIMA: 196m
ALTITUDE MÍNIMA: 45m

NÍVEL TÉCNICO: 2 (5)

NÍVEL FÍSICO: 2 (5)

ÉPOCA ACONSELHADA: Todo o ano evitando temperaturas acima dos 30º

Dicas

Se este percurso lhe parecer demasiado curto ou fácil equacione optar pelo Vermelho  que também passa pelas partes mais emblemáticas, acrescentando kms e altimetria.

Ao km 12 poderá fazer um desvio de cerca de 1 km de ida e outro de volta para descer até à albufeira da Barragem onde existe no Verão uma pequena praia fluvial.

Atenção que à ida sobe primeiro 25 m antes de descer 70 m. Na volta é o inverso, claro, com a agravante que a subida é muitíssimo dura atingindo os 30% de inclinação.

Pontos de apoio:

Só à partida e à chegada em Santa Clara-a-Velha.

Avisos Importantes

O trajecto percorre e atravessa algumas ruas do centro de Santa Clara-a-Velha e segue a N266 durante algumas centenas de metros perto da estação de comboios. O resto do percurso desenrola-se em caminhos e estradões abertos à circulação, podendo ocasionalmente encontrar algum trânsito automóvel. Recomenda-se prudência.

Uma parte do percurso é coincidente com Percursos Circulares da Rota Vicentina pelo que é muito provável o encontro com caminhantes.

Percursos comuns com o Núcleo

Percursos de ligação com outros Núcleos

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
X