fbpx

Grande Travessia

GT 1

Amoreiras-Gare » Colos

26,6 KM

Começando na pitoresca aldeia de Amoreiras-Gare, a primeira etapa da Grande Travessia é um percurso pouco difícil, muito variado, que atravessa sobretudo zonas remotas do concelho de Odemira. Os primeiros quilómetros são mais fáceis de pedalar, encontrando-se as dificuldades concentradas na segunda metade da etapa, após a Estação de Comboios da Funcheira. Percorre sobretudo caminhos e estradões rurais e florestais, no meio de vegetação autóctone com muito montado e pastagens, numa interessante diversidade de cenários e quase sem presença humana. A partir do km 6 segue em conjunto com o percurso 44 Funcheira, também marcado no terreno. Um ponto notável é a Estação de Comboios da Funcheira (km 11), uma importante interface ferroviária entre a linha do Sul e a linha do Alentejo.

Ficha Técnica

Grau de Dificuldade: Difícil

Tipo de Percurso: Entre 2 pontos

Extensão: 26,6 km

Duração: 1 h 15 a 2 h

Marcado no Terreno: Sim

Desnível Acumulado: + 350 / - 350 m

Altitude Máxima: 230 m
Altitude Mínima: 99 m

Nível Técnico: 2 (5)

Nível Físico: 2 (5)

Época Aconselhada: Setembro a Junho

Dicas

Todas as etapas da Grande Travessia são viáveis com bicicletas dos tipos BTT, Gravel e Touring.

Este percurso é acessível a partir dos comboios que param nas estações de Amoreiras-Gare e da Funcheira.

Em Amoreiras-Gare é imperdoável passar sem prover as alcôncoras, popular doce regional fabricado na aldeia.

Na Funcheira pare um pouco para admirar o imponente edifício da Estação de Comboios, testemunho de uma época em era uma concorrida encruzilhada ferroviária.

Logo a seguir à Estação da Funcheira há uma curiosa ponte sobre a Ribeira de Garvão. É secundada por um açude por onde, alternativamente, pode ir, não tendo demasiada água a passar na ribeira.

Pontos de apoio:

Km 9 – Garvão
Km 12 – Estação da Funcheira
Km 19 – Santa Luzia

Avisos Importantes

O trajeto cruza frequentemente pacatas estradas nacionais e municipais e segue pelo interior das aldeias e vilas por onde passa.

No campo, segue sobretudo por caminhos e estradões abertos à circulação, onde pode encontrar, por vezes, trânsito automóvel.

Pode haver a necessidade de abrir cancelas de proteção de gado pelo que, sempre que seja o caso, deverão ser de novo fechadas após a passagem.

Após chuvas intensas, alguns caminhos podem ficar alagados ou muito enlameados, sendo necessário especial atenção.

Percursos comuns

Percursos de ligação

Comece a escrever e carregue em Enter para procurar

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!